new

por julyanna

eu lembro quando o seu jorge apareceu. foi bom ouvir a voz dele. dissonante. algo novo na música popular brasileira. eu curti muito o seu “tive razão”. sem conseguir esconder meu preconceito acho extremamente irritante o álbum que ele fez com a ana carolina e as músicas que só as burguesinhas curtem. felizmente o seu novo projeto soa renovador por que está apoiado em três grandes músicos. lucio maia é o maquinado e o homem guitarra do nação. pupilo é o baterista do nação e uma das três cabeças do coletivo instituto e por fim o antônio pinto é o baixista da banda e compositor das trilhas sonoras dos filmes do walter sales. o projeto se chama seu jorge e almaz. interessante a releitura de alguns clássicos como: Cristina (tim maia) e Cirandar ( martinho da vila). o álbum sai primeiro na gringa e depois aqui. interessante vê a notoriedade desse brasileiro que, nos úlimos anos, soa, pra mim, um artista meia boca. ps: atenção para a versão de um clássico do kraftwerk.

ahhh ontem a noite assisti o último do wood allen e eu gostei. se chama whatever works.

Seu Jorge e Almaz – Cirandar (Martinho da Vila)

Seu Jorge e Almaz – The Model (Kraftwerk)

Seu Jorge e Almaz – Cristina ( Tim Maia)

Seu Jorge e Almaz – Gafieira na Avenida ( Eddie)

Seu Jorge e Almaz – Everybody Loves The Sunshine

até.